Carlos Fontes

 

 

Madeira 

A Madeira é um jardim. A propaganda turística, corresponde à realidade. No entanto, no que toca a educação, durante o reinado do antigo presidente desta região autónoma - Alberto João Jardim -, estamos perante um desastre nacional.

Em todos os ciclos de estudo, a Madeira  teve sempre as mais elevadas taxas de insucesso escolar, segundo o relatório 'Estado da Educação', publicado pelo Conselho Nacional de Educação (2010). 

Qual a influência nestes resultados dos exemplos que  diariamente davam às crianças e jovens os políticos da região?. Como é sabido, a maioria era e e é conhecida por comportamentos arruaceiros e pelos seus insultos aos portugueses do continente. Mais

.

Outros sites da Rede Filorbis:

 

http://afilosofia.no.sapo.pt 

(Filosofia) 

 

  http://acultura.no.sapo.pt (Cultura)

  http://lusotopia.no.sapo.pt (Lusosofia,Lusotopia)

 

http://confrontos.no.sapo.pt (Globalização) 

  http://jornalpraceta.no.sapo.pt

(Intervenção Local)

  http://imigrantes.no.sapo.pt

(Imigração)

 

http://colombo.do.sapo.pt (investigação sobre Cristovão Colombo). 

 

http://lisboa.do.sapo.pt (Lisboa)

 

 

 

História da Formação Profissional e da Educação em Portugal e Colónias

.

Formação de Formadores em Portugal

Um texto incontornável neste domínio.

Cronologia do Ensino Secundário em Portugal

Métodos e Técnicas de Investigação 

Metodologias Qualitativas e Quantitativas .Entrevista . Histórias de Vida.

 
 

 

Pedagogia

Paradigmas Educativos . Insucesso Escolar . Escola Inclusiva . Indisciplina nas Escolas . Bibliografia Temática . Curso de Psicologia (novidade) .  Sobre o Currículo

Ensino de Filosofia

Construir Saberes . Ensino da Filosofia (1 ) .Ensino da Filosofia (II) . Ensino da Filosofia em Portugal . Fim da Filosofia no 12ª. Ano  (1). Novos Programa de Filosofia (2)

 
 

 

Métodos, Técnicas e Tecnologias

Tecnologias Educativas

Escolas, Saberes e Tecnologias .Qual é o Melhor Meio de Ensino? . As Novas Tecnologias e as Escolas . Avaliação do Software Educativo .Classificação do Software Educativo .Teorias de Aprendizagem e Software Educativo . Grelhas para Avaliação de Software Educativa . Moodle - Reflexão sobre a utilização de uma plataforma.

Métodos Pedagógicos

Modelos Organizativos e Métodos Pedagógicos

 
 

 

Sala de Aula

Notas

 
 

 

Gestão Escolar

Reflexão sobre Modelos e Estilos de gestão. Mais

 
 

 

Profissão Educador

Avaliação de Professores: 2008 e 2015

(Misérias da Classe Docente)

O ano de 2008 ficará para a história como aquele em que uma classe profissional veio em peso para a rua clamando pela sua dignidade profissional. Bastaram dois meses de 2009, para que uma grande maioria dos seus membros se mostrassem incoerentes, aderindo às promessas do Governo sem que nada de substancial daquilo que antes eram totalmente contra se tivesse alterado. Em 2015 a indignidade persiste, mas muito poucos são os que se sentem incomodados. Mais

Formação de Professores

Formação de Professores(1901-2000) .Formação de Professores (1816-1900) .Modelos de Formação .Pedagogos Portugueses .Programas de Formação . Formação Contínua (reflexão sobre experiências do passado recente)

Etapas da Vida do Professor . Paradigmas e Modelos de Formação de Professores . Profissão: Professor

 
 

 

Políticas Educativas

"Difícil é Educá-los?"

David Justino, antigo ministro da Educação, de um dos piores governos que Portugal já conheceu, publicou recentemente um importante livro de sobre a educação dos portugueses.

Começa com um problema sem solução à vista: Todos os governos em Portugal estão condenados a falhar na educação, porque os portugueses são dificilmente educáveis. Quanto maior é o número de alunos, maior é o fracasso e a diminuição na qualidade da educação. O problema não é de hoje, data pelo menos da primeira metade do século XIX. Mais

Relatório de Pisa:  O que Mudou na Educação em Portugal ?

A divulgação do Relatório de Pisa -2010, desencadeou em Portugal duas posições contraditórias: o Governo viu nos resultados obtidos pelos alunos portugueses a confirmação que as suas politica educativas desde 2005 eram correctas, os sindicatos e muitos professores viram nos uma ameaça à sua luta. Mais

Ensino Secundário: Em Permanente Mudança

O rotativismo no poder do PS e do PSD tem marcado as mudanças na educação em Portugal. Cada partido procura deixar a sua marca, quase sempre destruindo o que o anterior iniciara.

Reflexões no tempo : Reformas do PS-I (1996-2002) - Reformas do PS-II (1997-2002) - Reforma do Secundário (1997-2002) - Reformas do PS-III (2002) -  Reformas do PSD - I (2002-2004) - Reformas do PSD-II (2002-2005) - Reformas do PS (2005-2008) - Reformas do PSD (2011-2015)

Violência nas Escolas Públicas 

A subida do Partido Socialista ao poder, em 2005 é marcada por um aumento da violência nas escolas públicas em Portugal. Durante o ano lectivo de 2006/2007 foram registadas 185 casos de agressões a professores. O número real era muito superior, dado que muitos não apresentam queixa por medo de represálias ou por vergonha. No ano lectivo de 2007/2008  a onda de violência atingiu dimensões sem precedentes. O Procurador Geral da República (PGR), incomodado com a situação em 2008, afirmou publicamente que os agressores não estavam a ser punidos. 

O Governo ignorou todos os protestos dos professores. Os resultados desta política estão à vista !  Mais

 
 

 

Estatísticas

Ensino Secundário em Números

 
 

 

 
 

.

Formação Profissional. Temas e Problemas

 

 
   

Dos Princípios

Na formação formação profissional existem dois princípios fundamentais: o da eficácia e o da eficiência. 

 

O primeiro exige que a formação seja feita tendo em vista um objectivo mensurável. 

 

O segundo que este seja atingido ao menor custo. 

 

Podemos ter um uma formação eficaz, mas pouco eficiente, e vice-versa. 

 

Olhando  para o panorama da formação profissional em Portugal, temos que dizer que a mesma não é nem eficaz, nem eficiente.

 

O caso mais ilustrativo desta situação ocorre com a formação inicial de jovens. Vários ministérios assumiram como incumbência a criação de "escolas" para combaterem quer a baixa escolaridade da população, quer a falta formação profissional dos jovens antes do ingresso no mercado de trabalho. 

 

O resultado é simplesmente catastrófico em termos globais. Muitas estruturas de formação  fazem o mesmo, mas nenhuma o faz de modo satisfatório. Nem o sistema formal  de ensino tutelado pelo Ministério da Educação conseguiu criar uma estrutura de formação adequada e eficaz, nem o sistema informal a cargo dos restantes ministérios o logrou fazer. Os problemas persistem ou agravam-se, apesar dos enormes recursos consumidos. 

 

Não será tempo de mudar de política neste sector?.

 
 

 

IEFP: Por onde anda a Formação Profissional?

De acordo com o nome, o IEFP, é uma instituição pública que executa a política de emprego e de formação profissional do governo, através de uma rede de centros de emprego e de formação. A realidade é todavia outra bem diferente.

A formação é uma actividade subsidiária dos centros de emprego e dos seus ficheiros de desempregados. Não admira que seja uma actividade pensada e realizada  por profissionais exteriores à organização. 

Apesar do número de funcionários ter crescido desde 1995, o número de formadores e outros técnicos de formação têm vindo a diminuir, estando mesmo em vias de extinção. Mais

 
     

 






 

/
  .
  Formação Profissional
 

Editorial 

 

Políticas 

 

Métodos

 

Avaliação

 

Formadores

 

Orientação

 

Problemáticas

 

Gestão

 

Glossário

  .

 

 

Contactos

   
  Agenda
   
        
       

Para nos contactarcarlos.fontes@sapo.pt